International Steering Team

O Projeto Currículo Global ( 2010-2012), que no Brasil é denominado Projeto Currículo Global  para a Sustentabilidade, visa contribuir  para que  crianças e adolescentes  possam tornar-se cidadãos planetários, capazes de usar o que aprendem na escola e em outros espaços educativos ao  atuar no seu entorno,  conscientes de que  ações e decisões locais  tem  impacto global. Assim, estimula e apoia  os educadores  para que  insiram, no Projeto Político Pedagógico das escolas e  nas aulas das diferentes  disciplinas ,conceitos que possibilitem compreender as causas das atuais inequidades  globais e  fortalecer a  unidade básica entre todos os habitantes do planeta Terra , tais  como:  direitos humanos, justiça social, diversidade, resolução de conflitos, sustentabilidade, interdependência e solidariedade entre países os hemisférios Norte e Sul.

O Projeto pretende conscientizar  crianças e jovens, em especial os   de 6 a 14 anos,  a respeito de temas ligados á sustentabilidade planetária , contribuindo para que desenvolvam habilidades, conhecimentos, valores e atitudes que lhes permitam  participar ativamente  na criação de um futuro mais justo , em uma sociedade global cada vez mais interdependente. Isso implica  consolidar uma  atitude de curiosidade e respeito para com culturas diversas  , uma sólida  compreensão das inequidades locais e globais e suas causas, bem como das iniciativas  de governos e sociedades civis para superá-las, como por exemplo , o Comércio Justo e a Economia Solidária, as abordagens de Justiça Restaurativa, as Campanhas Globais em defesa do Ambiente e do Clima, pela   Educação para Todos e  visando a realização dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.  

Financiado pela União Europeia, o Projeto é  desenvolvido por ONGs da Europa, África e  América Latina:  Áustria (Südwind, líder internacional, www.suedwind-agentur.at ;  Reino Unido (Leeds DEC, www.leedsdec.org.uk)  República Checa (Arpok, www.arpok.cz  ), Benin (Nego-Com, www.negocom.org  ),Brasil (CECIP, www.cecip.org/br),   em cooperação com as autoridades educacionais de cada país .

O projeto Currículo Global envolve 40 escolas voluntárias, cujos perfis podem ser visualizados nesse site, sendo  10 na Áustria, 10 no Reino Unido, 10 na Republica Checa , 5 no Benin e 5  no Brasil, com   800 professores participantes - 100 deles no Brasil, com liderança de 25 .   Esses profissionais, que atuam prioritariamente com estudantes na faixa dos 6 aos 14 anos,  estão  examinando as programações de suas disciplinas e identificando oportunidades de relacionar os conteúdos já estabelecidos aos conceitos que expressam a dimensão global/planetária , produzindo Planos de aula, Sequências Didáticas e Projetos interdisciplinares ( disponíveis ou a serem disponibilizados nesse site)  que possam culminar em  micro ações  protagonizadas por crianças e jovens,  rumo à  justiça social , ao incentivo do  comércio justo, do consumo consciente, à tolerância e respeito às diferenças, à preservação do ambiente.  Com esses materiais, o coletivo internacional de docentes construirá , até o final de 2012 ,  um Modelo de Currículo Global, on line, multilíngue, e um Manual do Currículo Global, em papel ( 500 cópias por país), ferramentas  que  apoiarão e subsidiarão docentes, estudantes  e gestores  que desejem tornar o currículo mais significativo, integrado à realidade, capaz de promover aprendizagens poderosas e transformadoras.  

O Projeto  propõe  o diálogo horizontal entre professores de  três continentes ,ligados a escolas as mais diversas-  públicas e privadas , grandes e pequenas, laicas e religiosas-  por meio da Internet e  em   Visitas de Estudo  dos quais participam representantes das 40 escolas participantes.

No Brasil, o CECIP - www.cecip.org/br - desenvolve o  Projeto Currículo Global para a Sustentabilidade   em cooperação com :

É apoiado pelo Instituto Paulo Freire-  www.paulofreire.org e pela Fundação Roberto Marinho- www.frm.org.br

News

Gestores de São Mateus discutem Educação Global

A Oficina coordenada pelo CECIP reuniu cerca de 40 gestores da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo

No dia 2 de outubro de 2014, gestores de escolas de Ensino Fundamental e centros de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo puderam construir uma visão geral dos fundamentos da proposta de Educação para a Cidadania Global e da forma como pode ser implementada . A Oficina foi coordenada pela professora Madza Ednir , organizadora do Manual do Curículo Global, responsável pelo núcleo de Educação Global do CECIP , a convite da supervisora Denise Costa Aguiar. A atividade contou com a participação da facilitadora e avaliadora do projeto Currículo Global , Priscila Scripnic, e da professora Debora Maria Macedo, uma das co-autoras do manual do Currículo Global e do video que sintetiza o projeto.

Oficina de Educação Global para Educadores paulistanos

Estrategias usadas no Currículo Global serão experimentadas

A Oficina ocorrerá no dia 2 de Outubro de 2014, envolvendo 100 gestores de escolas municipais.... Estratégias para desenvolvimento do pensamento critico, da empatia e da solidariedade farão parte das atividades a serem desenvolvidas., mobilizando-e as múltiplas inteligências dos participantes . Na imagem ao lado , educadores que participam do World Class Teacher Project/ Professor na sala de Aula Global), conduzido pela Ong polonesa CEO, Center of Education for Citizenship , estão envolvidos em atividade de uma oficina conduzida pelo CECIP em Raach, Austria. O tema da Oficina foi "Paulo Freire no Brasil, hoje". O Teatro do Oprimido, (Boal baseado em Paulo Freire) , é usado também na Polônia, como forma de incentivar a construção de novos cenários e pensar a transição entre uma situação presente e o futuro desejado.

MANUAL TRAZ FERRAMENTAS PARA FORMAR CIDADÃOS GLOBAIS

Os cidadãos brasileiros estão conectados com o mundo pelos meios de comunicação e principalmente pela internet. Para assegurar a sustentabilidade ambiental, social e econômica de ações e decisões locais, eles cada vez mais as articulam a acçõs planetárias, aumentando seu impacto. Pouco a pouco, escolas estão se dando conta de que formar cidadãos é sinônimo de preparar crianças e jovens para pensar globalmente, agindo localmente.

Uma criança escreve sobre o Projeto Currículo Global

Davi de Vita de Carvalho, 11 anos , estuda na escola Teia Multicultural e diz o que pensa sobre o Projeto que se encerra em dezembro de 2012, em redação premiada pelo Concurso Cidadão Global

“ O Currículo Global é um projeto que trata do trabalho de educar as crianças para que possam respeitar as diferentes culturas, religiões e etnias. A ideia de melhorar a educação para que as pessoas possam viver em um mundo mais justo é o que traz a discussão dentro desse projeto. (..) Uma coisa que me chamou bastante a atenção foi sobre a liberdade. Hoje as coisas melhoraram muito, mas para isso as pessoas tiveram de lutar por seus direitos , como na época da ditadura e outros conflitos em outros países. (..)

Sustentabilidade com dimensão global na Feira de Ciências do Colégio Bandeirantes

Centenas de pessoas , inclusive duas representantes das outras escolas do Projeto Currículo Global , foram ver os trabalhos realizados pelos estudantes do Colégio

Rafael Braga Silva, 16 anos, do Band, assim descreve o que sentiu a respeito da participação dos estudantes, protagonistas da Feira : “Noites mal dormidas, pesquisas longas e muito trabalho. Mas tudo isso para um bem maior: fazer um bom trabalho e procurar uma alternativa para os tipos de energia que existem atualmente”. Enzo Pereira e Guilherme Carvalh

Ce projet est mené avec l’appui de l’Union Européenne. Les contenus de celui-ci sont la seule responsabilité des organisations de mise en œuvre et ne peuvent en aucun cas être considérés comme reflétant l’opinion de l’Union Européenne.

supported by